Vereadora quer igualdade de gênero nos nomes de ruas em Curitiba

Foto:Chico Camargo/CMC

Foto:Chico Camargo/CMC

Vereadores da Câmara Municipal de Curitiba podem ser limitados a apresentar quatro projetos, que nomeiam bens públicos, por sessão legislativa – período de um ano. O projeto de lei protocolado pela vereadora, professora Josete, também prevê que o número de propostas, em caso de nomeação de ruas ou praças, seja igual.  De acordo com o texto do projeto, 50% das propostas apresentadas devem homenagear homens e os outros 50% levará nome de mulheres que fizeram história. Segundo a vereadora, professora Josete, o objetivo do projeto é defender a igualdade de gênero.

De acordo com a vereadora, o ato de nomear ruas, avenidas, pontes, rodovias e praças com nomes femininos ajuda a construir a identidade de Curitiba.

A proposta altera a redação já vigente na Câmara, em que não é determinada a igualdade de gênero e são permitidas cinco apresentações de projetos. O texto da proposta vai ser analisado por algumas Comissões da Câmara, antes de seguir para o Plenário.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*