Vereadora quer que médicos que já atuam em UPAs tenham prioridade em postos terceirizados

(Foto: Divulgação/ Prefeitura de Curitiba)

Tramita na Câmara de Curitiba um projeto de lei que estabelece prioridade na contratação de médicos que já prestam atendimentos em unidades de saúde que serão terceirizadas para Organizações Sociais.

A proposta é da vereadora Maria Leticia Fagundes, do PV, que é médica legista. O projeto pretende incluir o dispositivo na lei municipal que regulamenta as organizações sociais. A prefeitura pretende começar a terceirização dos postos de saúde pela Unidade de Pronto Atendimento da CIC.

O processo, no entanto, é questionado na Justiça e a UPA, que foi reformada, está há um ano fechada. A previsão de reabertura atual é para abril. O projeto de lei ainda precisa ser aprovado nas comissões temáticas antes de ir a votação.

Segundo a vereadora, não se pode abrir mão da expertise da equipe já constituída, para começar a prestar atendimento por uma equipe completamente nova, sem conhecimento das especificidades da unidade a ser atendida.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*