Vereadores de Maringá rejeitam própria redução de salários

Os vereadores de Maringá votaram e rejeitaram ontem à noite o projeto de lei que reduz o reajuste dos salários dos vereadores. Em novembro de 2011, a Câmara aprovou um aumento de 90% nos salários dos vereadores, passando de R$ 6,3 mil para R$ 12 mil. No entanto, a pressão popular fez com que os parlamentares resolvessem rever o aumento. Um projeto de lei propunha um aumento menor: os vereadores passariam a receber 8 mil reais. No entanto, de acordo com presidente da Câmara, Mario Hossokawa (PMDB), os parlamentares entenderam que o reajuste não seria suficiente e decidiram rejeitar a proposta.

Na semana que vem, os vereadores da Comissão de Orçamento se reúnem para analisar um novo salário e refazer o projeto. Também será revisto projeto que revê os salários do prefeito, vice-prefeito e dos secretários municipais.

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*