Suspeito de ser autor de disparo que matou torcedor promete se apresentar à Polícia Civil

Um homem de 24 anos foi identificado como o autor do disparo que atingiu um torcedor do Coritiba no último sábado (16). Lucas Gonçalves, que também tinha 24 anos, chegou a ser internado no Hospital do Trabalhador, mas teve morte encefálica decretada na noite desta segunda-feira (18).

A vítima teria sido baleada em um confronto entre torcidas rivais. Segundo o delegado Clóvis Galvão, da Delegacia Móvel de Atendimento ao Futebol e Eventos (Demafe), o suspeito foi reconhecido por testemunhas e a defesa promete apresentá-lo nesta semana.

O homem que atirou em Lucas estaria em uma casa de shows no Xaxim, onde era promovida uma festa da Torcida Fúria Independente, do Paraná Clube. O delegado Galvão diz que o desentendimento começou quando integrantes da Império Alviverde desembarcaram em um ônibus no bairro.

Os investigadores estão fazendo um levantamento da ficha policial do suspeito de ter atirado em Lucas. Ele ainda não teve a prisão preventiva decretada.

Reportagem: Lenise Klenk