Três pessoas são presas suspeitas de soltarem balões

Três pessoas foram presas, em Curitiba, suspeitas de soltarem balões neste domingo (12). Segundo a Polícia Militar os suspeitos foram identificados quando tentavam recuperar um dos balões, de cerca de 10 metros de altura, no bairro Pilarzinho.

Eles foram levados a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e tiveram de pagar fiança de R$ 350 cada um. Vender, soltar, transportar ou fabricas balões é crime, com pena que varia de um a três anos de prisão. Por ser considerado um crime de menor potencial ofensivo, quem é detido pode pagar fiança e responder em liberdade.

De acordo com a polícia, ao menos dez ocorrências de balões em diferentes regiões foram relatadas por moradores da cidade. Em um dos casos, um balão chegou a enroscar na fiação da rede elétrica, no bairro Água Verde. Não há informações de pessoas feridas ou de incidentes registrados.