PolíticaEleições

8,5% das candidaturas no Paraná foram impugnadas pela Justiça

Levantamento feito pela BandNews FM aponta ainda que 41 nomes ainda precisam ser julgados

 8,5% das candidaturas no Paraná foram impugnadas pela Justiça

Foto: Antônio Augusto – TSE – Arquivo

Cerca de 8,5% do total de candidaturas registradas para as eleições de outubro no Paraná foram consideradas inaptas pela justiça eleitoral. Dos mais de 1,5 mil registros, 131 não seguirão adiante na disputa eleitoral. Levantamento feito pela BandNews FM aponta que com o fim do prazo para que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), julgasse os cadastros, mais de 41 candidaturas continuam pendentes de julgamento. Entre os principais motivos para serem inaptas, a maior parte foi de renúncias, seguidas de indeferimento pela justiça eleitoral, a partir dos julgamentos. Apesar disso, ainda restam mais de 1.450 candidatos que vão concorrer aos cargos de Presidente da República, Deputados federal, distrital e estadual; senador e governador.

Em outubro, os mais de 8,4 milhões de eleitores paranaenses precisam escolher, entre 10 chapas, uma para a presidência. Para o Governo do Estado são 9. Para 1 cadeira no Senado Federal, são 10 candidaturas. Já na disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa são 821 candidatos para 54 vagas. E 548 para ocuparem 30 vagas na Câmara Federal. Entre os mais de 1.400 candidatos ao pleito 2022 no Paraná, mais de 68 estão na corrida pela reeleição. E entre as 131 candidaturas que ainda precisam de análise da Justiça Eleitoral, está a de Sergio Moro (União Brasil) para o Senado e de Padre Kelmon (PTB) para a Presidência da República. Todos os dados foram colhidos de sistemas do Tribunal Superior Eleitoral na manhã da quinta-feira (15) e podem sofrer alterações nos próximos dias.

Reportagem: Leonardo Gomes.

felipe.costa

TSE promete medidas para evitar filas no 2º turno

TSE promete medidas para evitar filas no 2º turno

Filas foram registradas em todo o país neste domingo (02)

Dallagnol declara apoio a Jair Bolsonaro no segundo turno

Dallagnol declara apoio a Jair Bolsonaro no segundo turno

Assim como ele, o ex-juiz Sérgio Moro também se manifestou a favor de Bolsonaro

Moro declara apoio a Bolsonaro

Moro declara apoio a Bolsonaro

Moro afirma que Lula não é uma opção para o segundo turno

Denúncias de crimes eleitorais aumentam no Paraná em 2022

Denúncias de crimes eleitorais aumentam no Paraná em 2022

O domingo de Eleições teve recorde de ocorrências registradas no aplicativo Pardal, do TSE