COLUNAS

Colunistas // Mirian Gasparin

Gerenciamento do estoque é fundamental para que não haja falta de produtos

 A dois meses do Natal é hora de cuidar do abastecimento das lojas

Imagem: Pixabay

Faltam exatamente dois meses para o Natal. Muitas lojas e supermercados já estão começando a implementar a decoração de Natal e Ano Novo para o período que é considerado um dos mais importantes para o setor varejista em relação às vendas. 

E diante das grandes oportunidades que surgem, e das expectativas positivas, depois de dois anos de pandemia, como os lojistas devem se preparar para aumentar as vendas nessa época?

Pois bem, a palavra-chave, neste momento, é abastecimento, principalmente por conta das rupturas que as lojas sofreram por causa da pandemia, e que resultaram em vendas menores. Eu conversei com especialistas de varejo e o que eles aconselham é que os lojistas trabalhem em cima de um planejamento, tenham uma boa agenda de compras e cuidem do abastecimento, para que não haja falta de produtos, tanto no estoque quanto no ponto de venda.

É que este ano, de fato, teremos um Natal e um Ano Novo com 100% de normalidade e as reuniões devem ser muito intensas entre família e amigos. Em se tratando de super e hipermercados estes estabelecimentos devem estar mais do que preparados. Além do Natal e Ano Novo teremos ainda eventos como a Copa do Mundo e a Black Friday, que também devem fazer parte da preparação das lojas.

Em relação ao estoque, o gerenciamento especialmente para os pequenos empreendimentos é fundamental, pois cada produto desperdiçado pode significar um importante prejuízo. Por isso, o primeiro passo é a aprender a organizar esse ambiente usando as unidades de armazenamento corretas, explorando bem os espaços verticais e utilizando prateleiras nas paredes do estoque para otimizar o espaço. Também não se deve esquecer de realizar a contagem de estoque periodicamente para alinhar com os registros de vendas e evitar itens ultrapassados entre os novos produtos.

Por fim, embora este seja um período forte de vendas, os lojistas não devem se esquecer das promoções. Descontos progressivos, por exemplo, são uma ótima maneira de aumentar os ganhos, atrelando o abatimento no preço à quantidade de produtos que o cliente compra. Além disso, cupons de desconto e frete grátis para as vendas online também são formas de conquistar o consumidor. Tudo isso pode ser divulgado para o público por meio das redes sociais, ampliando o alcance da marca.

E quanto aos funcionários, eles devem ser bem treinados para atender os clientes. A equipe de vendas deve conhecer muito bem os produtos que a loja comercializa, até porque o consumidor de hoje é muito exigente e antes de comprar já pesquisou bastante sobre a mercadoria.

Confira a coluna em áudio:

Mirian Gasparin