ParanáGeral

Adolescente morto após briga em colégio de Apucarana é sepultado

Polícia Civil investiga as causas do óbito e aguarda resultados dos exames complementares

 Adolescente morto após briga em colégio de Apucarana é sepultado

Foto: Tarobá News

O adolescente de 13 anos que morreu após uma briga em uma escola estadual de Apucarana, no norte do Paraná, foi sepultado nesta quinta-feira (23). O velório reuniu um grande número de familiares, amigos e moradores do bairro onde vivia Alekson Ricardo Kongeski. O caso envolveu estudantes do Colégio Cívico-Militar Padre José Canale e a briga foi registrada na noite de terça-feira (21).

A Polícia Civil investiga o caso e a principal linha de investigação aponta que o óbito não está diretamente ligado às agressões. Os exames preliminares feitos no IML (Instituto Médico-Legal) indicam que um mal súbito ou um infarto decorrente de uma comorbidade preexistente levaram ao óbito.

O delegado da 17ª Subdivisão Policial de Apucarana, Felipe Ribeiro Rodrigues, afirma que todos os seis adolescentes envolvidos foram identificados, mas apenas dois efetivamente participaram das agressões – um deles a vítima. Nenhum envolvido teve passagens pela polícia e apenas um deles registrava um histórico de mau comportamento em ambiente escolar:

Exames complementares realizados pela Polícia Científica agora devem embasar o inquérito policial. A investigação precisa responder qual foi o papel das agressões na morte do garoto de 13 anos:

O caso também é acompanhado pela Secretaria de Estado da Educação. Em entrevista à TV Band, o chefe do Núcleo Regional de Educação de Apucarana, Vladimir Barbosa, afirma que o clima no Colégio Cívico-Militar Padre José Canale é de consternação. Estudantes, servidores e, principalmente, as famílias dos adolescentes envolvidos devem receber apoio profissional:

A comissão de direitos humanos da Secretaria de Estado da Educação e Esportes e a direção do Colégio Cívico-Militar Padre José Canale devem implantar uma série de ações junto à comunidade escolar. Entre as atividades debatidas estão reuniões e palestras para discutir o problema da violência e promover a “cultura da paz”.

Reportagem: Angelo Sfair.

felipe.costa

Encontro homologa pré-candidaturas do PT no Paraná

Encontro homologa pré-candidaturas do PT no Paraná

Deve ser formalizado o nome de Roberto Requião para a pré-candidatura ao Governo do Paraná

Inscrições para Vestibular 2023 da UFPR começam dia 18

Inscrições para Vestibular 2023 da UFPR começam dia 18

Edital foi publicado nesta sexta (01) pela Universidade Federal do Paraná

Mau odor em aterro de Fazenda Rio Grande gera reclamações

Mau odor em aterro de Fazenda Rio Grande gera reclamações

A empresa foi notificada pelo município, que cobrou uma solução para o problema

Penitenciária de Piraquara inaugura novo parlatório

Penitenciária de Piraquara inaugura novo parlatório

O local é usado por visitantes, como familiares, representantes do Ministério Público e por advogados