Agosto termina com quase 140 animais apreendidos de criadores irregulares

(Foto: divulgação/PCPR)

O delegado Matheus Laiola, que está frente da Proteção ao Meio Ambiente na Polícia Civil, vai apresentar as ações da delegacia especializada, terça-feira (03), na Assembleia Legislativa do Paraná.

O mês de agosto chega ao fim com quase 140 animais apreendidos de criadores irregulares. Nos últimos dias, aqui em Curitiba, um canil clandestino foi fechado com 46 cães de diversas raças e a dona foi presa e multada em mais de 40 mil reais. Ainda em agosto, uma operação conjunta apreendeu mais de 70 animais, parte deles em um canil irregular em São José dos Pinhais, na região metropolitana, e outros em um pet shop no Boqueirão.

Nessas ocorrências foram identificados casos de maus-tratos e comércio irregular, sem comprovação de procedência. A audiência pública, na Assembleia Legislativa do Paraná, na terça-feira (03), pretende debater as regras atuais de comercialização de cães e gatos no Estado. Segundo o deputado Luiz Fernando Guerra, do PSL, vai ser discutido ainda o projeto de lei que estipula critérios para regularizar a atividade e combater os maus-tratos aos animais.

Também foram convidados para a audiência pública entidades representativas de classes, sindicatos, criadores, empresários do ramo pet, Organizações Não Governamentais e protetores independentes. A médica veterinária e mestranda da UFPR em bem-estar animal, Paula Pimpão de Freitas, vai apresentar uma pesquisa sobre criadores comerciais de cães e gatos na região de Curitiba.

A Audiência Pública está marcada para terça-feira (03), às nove da manhã, no plenarinho da Assembleia Legislativa. Os lugares são limitados de acordo com a capacidade da Casa.

Reportagem: Cleverson Bravo