Alunos da UFPR realizam ações sociais e culturais em Paranaguá

(Foto divulgação/ Luiz Cesar Rodrigues)

Os alunos da UFPR que estudam no câmpus de Matinhos tem um compromisso diferente nas noites de quarta-feira, em Paranaguá, com os encontros do BAGRICH, um dos eixos curriculares da universidade, que trata das Interações Culturais e Humanísticas. O objetivo é conhecer e compreender a cidade, levando à identificação e o compromisso com o seu desenvolvimento. Algumas ações sociais de arrecadação de alimentos e visitação a asilos, por exemplo, também são realizadas pelo grupo.

Os encontros do BAGRICH acontecem em Paranaguá, no auditório do Museu de Arqueologia e Etnologia da UFPR, mas podem se estender para outros locais, como escolas e as ruas históricas do centro da cidade.

O professor da UFPR, Valdo Cavallet explicou que os encontros são estruturados de diferentes formas a partir de temas atuais e relevantes para os alunos.

O eixo das Interações Culturais e Humanísticas da UFPR existe desde 2005, mas em Paranaguá ela é aplicada há 4 anos para cerca de 100 alunos que moram em Paranaguá e que estudam na UFPR, em Matinhos.

O nome BAGRICH, uniu o apelido “bagrinho”, que é como os parnanguaras são conhecidos com o eixo ICH, das Interações Culturais e Humanísticas.

Reportagem: Kelly Frizzo

(Foto divulgação/ Luiz Cesar Rodrigues)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*