Antonina decreta situação de emergência por causa da febre amarela

(Foto: divulgação/prefeitura de Antonina)

Após a morte de três macacos devido à febre amarela, em Antonina, e o caso da doença confirmado, na última semana, em um rapaz de 21 anos, morador da cidade, que contraiu o tipo leve do vírus, o Prefeito José Paulo Vieira Azim (PSB) decretou Situação de Emergência em Saúde.

Na prática haverá intensificação, em caráter de urgência epidemiológica, da vacinação contra a doença nas Unidades de Saúde da Família e os Postos de Saúde estão funcionando das 8h às 17h e a vacinação foi estendida para adultos acima de 59 anos.

De acordo com o Secretário de Saúde, Odileno Garcia Toledo, 95% da população de Antonina foi imunizada, mas a medida foi necessária para ampliar o índice de vacinação e a conscientização da comunidade.

O secretário conta que as ações estão sendo tomadas em conjunto com a Secretaria Estadual de Saúde.

A orientação é para que os visitantes de Antonina também busquem se vacinar antes de se deslocarem para a cidade. O secretário de saúde conta que, apesar, da recente Situação de Emergência em Saúde, o tradicional Carnaval de Antonina segue com sua programação normal.

A secretaria de saúde de Antonina disponibilizou um telefone para esclarecimentos sobre a vacinação e prevenção contra a Febre amarela. O telefone é (9 8534 0849).

Um ônibus chamado “linha da vacina” leva as doses para grupo familiares e funcionários de empresas.  Vale lembrar que o período de imunização inicia somente dez dias após a aplicação da vacina.

Reportagem: Kelly Frizzo

(Foto: divulgação/prefeitura de Antonina)
(Foto: divulgação/prefeitura de Antonina)
(Foto: divulgação/prefeitura de Antonina)
(Foto: divulgação/prefeitura de Antonina)
(Foto: divulgação/prefeitura de Antonina)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*