Aplicativo desenvolvido em Curitiba vai ajudar deficientes visuais a curtirem o Rock in Rio

(Foto: divulgação/Veever)

Uma empresa curitibana com foco em acessibilidade para deficientes visuais vai ajudar a tornar o Rock in Rio mais inclusivo para esse público. Será o primeiro “teste de fogo” de um aplicativo para smartphones que vem sendo trabalhado há vários meses… e também a primeira vez que um festival de música deste porte vai oferecer infraestrutura para informações de áudio em tempo real. Uma equipe de 14 pessoas se dedica ao projeto em tempo integral desde o final de agosto, quando a organização do Rock in Rio solicitou o desenvolvimento desta ferramenta.

Sócio-fundador do aplicativo Veever, João Pedro Novochadlo, conta algumas das funcionalidades que serão oferecidas:

Além do foco na acessibilidade, com informações sobre os shows, palcos e atrações, também há a preocupação com a segurança do público com deficiência visual:

João Pedro Novochadlo explica que o Veever funcionará de forma paralela ao app oficial do Rock in Rio.

Segundo ele, serão cerca de 40 pontos de interesse, de localização e de atrações mapeados:

Nesta semana, equipes de Curitiba vão até a capital fluminense. Lá, elas fazem os últimos ajustes na Cidade do Rock, no Parque Olímpico da Barra, para que o aplicativo rode da melhor forma possível. O Rock in Rio começa na sexta-feira (27) e será realizado nos próximos dois finais de semana.

Reportagem: Angelo Sfair