Athletico conquista título inédito, bate recorde da Arena e garante calendário internacional

Fotos: Miguel Locatelli / Site Oficial Athletico Paranaense)

O Athletico Paranaense é o campeão da Copa Sul-Americana. O furacão venceu o time colombiano Junior Barranquila nos pênaltis, ontem (13) à noite, na Arena da Baixada. É o primeiro título internacional do Athletico. O clube também bateu recorde de público da nova Arena. Foram 40.263 torcedores no estádio.

Pablo abriu o placar para o rubro-negro aos 27 minutos do primeiro tempo. Os colombianos chegaram ao empate na segunda etapa, com Teófilo Gutierrez. O empate em 1 a 1 no tempo regulamentar, mesmo resultado do jogo de ida, em Barranquilla, levou à prorrogação. O time colombiano chegou a perder um pênalti. Com a persistência da igualdade no placar, o título foi decidido nas penalidades máximas, e o Athletico venceu por 4 a 3.

Antes de a partida começar, os torcedores estavam otimistas com o desempenho do clube na competição. O diretor comercial Alex Schonemborn foi entrevistado ao vivo na BandNews Curitiba cerca de duas horas antes de a bola rolar. Ele conversou com Iara Maggioni:

O placar de 2 a zero não veio e o jogo foi bastante tenso em vários momentos. Os irmãos Lucas e André Nichele, de 12 e 9 anos, respectivamente, assistiram ao jogo com o pai. O mais novo disse que sofreu bastante durante a partida e o mais velho vibrou ao soltar o grito de “é campeão”:

A engenheira Denise de Carvalho assistiu ao jogo ao lado do marido. Para ela, o desempenho do furacão poderia ter sido melhor:

O marido de Denise, Rui Inácio de Carvalho, está otimista com a evolução do Athletico e já sonha com a Copa Libertadores:

A partida desta quarta-feira (12) entra para a história da nova Arena da Baixada. Foi a primeira final internacional disputada no estádio. E também estabelece um novo recorde de público, com mais de 40 mil torcedores. O título também consolida o bom trabalho do jovem técnico Tiago Nunes, considerado uma das revelações da temporada. Responsável por mudar o ano do furacão, o treinador de apenas 38 anos recebeu os elogios do advogado Rafael Ghellere:

O título da Copa Sul-Americana também garante um extenso calendário internacional para o Athletico na temporada do ano que vem. O encarregado de setor Vanderson da Silva já está pensando no River Plate:

Campeão da Sul-Americana, o Athletico Paranaense terá a chance de conquistar mais um troféu internacional no começo do ano que vem: a Recopa. O rubro-negro enfrentará o River Plate – campeão da Libertadores – em jogos de ida e volta marcados para os dias 20 de fevereiro e 6 de março. O furacão disputará o troféu pela primeira vez, enquanto os argentinos buscam o terceiro título da Recopa.

Reportagem: Iara Maggioni

Fotos: Miguel Locatelli / Site Oficial Athletico Paranaense)

Fotos: Miguel Locatelli / Site Oficial Athletico Paranaense)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*