Aventura de caiaque quer promover esportes náuticos no litoral

(Foto: reprodução/ Facebook)

Mostrar que esportes aquáticos, como a vela e a canoagem, podem ser melhor explorados no litoral do Paraná e capazes de promover o desenvolvimento econômico e a preservação ambiental. Estes foram os objetivos do repórter fotográfico André Alves Rego, de 39 anos.

Durante cinco dias, ele percorreu cerca de 200 quilômetros mar a dentro das baias de Paranaguá, Antonina e Pinheiros a bordo do seu caiaque.

Ele pratica esportes de aventuras e caiaque há 30 anos e trabalha com resgate em corridas de montanha. Sua aventura pelo litoral do Paraná começou no centro de Morretes, descendo o rio Nhundiaquara, seguindo até a Ilha do Teixeira. Depois passou pela ilha das Laranjeiras, dormiu na praia na chamada Ponta da Cruz e atravessou a Baía das Laranjeiras.

A intenção era ir até a Baia dos Pinheiros, em direção ao Canal do Vadarouro, na divisa com São Paulo, mas o calor forte e uma tempestade mudaram seu percurso e ele remou para a Ilha das Peças.

Enquanto estava na ilha ele conversou com a reportagem da Band News e destacou que no seu trajeto recebeu apoio e dicas dos moradores das ilhas e das comunidades.

Com as fotos e vídeos feitos durante a aventura, André Rego vai produzir uma websérie para descrever essa experiência.

Por enquanto os registros atuais estão disponíveis na página do Facebook “Ecótono entre Rio e Baías”. Ecótono é o nome dado a uma região de transição entre biomas diferentes.

Reportagem: Kelly Frizzo

(Foto: reprodução/ Facebook)
(Foto: reprodução/ Facebook)