Bandidos incendeiam estações-tubo em Curitiba

As estações-tubo Euclides da Cunha, no bairro Alto Boqueirão, estão desativadas por tempo indeterminado após o incêndio desta madrugada (29). A informação é de que dois homens renderam o responsável por fazer a limpeza das estações e exigiram dinheiro. Como ele não tinha, espalharam querosene pelo tubo e atearam fogo. Fizeram o mesmo na estação que fica do outro lado da rua. Não houve feridos. Os bandidos fugiram sem levar nada e até agora, não foram identificados.

De acordo com o Sindimoc – sindicato que representa os trabalhadores do transporte público coletivo, a dupla ainda teria tentado amarrar a vítima antes de provocar o incêndio.  Segundo o diretor de inteligência do Sindmoc, Dário Pereira, vários cobradores da região registraram, recentemente, boletins de ocorrência por ameaça de morte. As intimidações estariam sendo feitas por criminosos que tentam assaltar os pontos. Por conta disso, o sindicato acredita que o episódio desta madrugada seja algo intencional.

Segundo a prefeitura, a linha Circular Sul passa pelo local. Os embarques e desembarques funcionam, por enquanto, apenas nas estações mais próximas. Em nota, a prefeitura diz que ainda avalia os prejuízos e que avalia quais as medidas mais adequadas para coibir esse tipo de ocorrência.

 

Reportagem: Ricardo Pereira

Vídeo: colaboração/WhatsApp

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*