CuritibaGeral

Barragens que abastecem Curitiba estão em 95%

Especialista alerta para futuras crises hídricas

 Barragens que abastecem Curitiba estão em 95%

Foto: Ike Stahlke/Sanepar

No período de um ano, os reservatórios que abastem Curitiba e a região metropolitana viram a recuperação da crise hídrica. Nesta terça-feira (13), o nível de abastecimento está em 95%. Em setembro do ano passado, as barragens Iraí, Passaúna e Piraquara I e II totalizam 51% da capacidade.

A estiagem começou no final de 2019 e levou a Sanepar a implementar um sistema de rodízio. Nos momentos mais críticos, os curitibanos contavam com um dia e meio de abastecimento, para cada dia e meio sem. O formato foi deixado para trás no início de 2022.

Na análise do mestre em Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental, Carlos Garcias, as medidas de contenção não deveriam ser exclusivas do momento de crise.

Para o professor da PUC-PR, o crescimento das cidades e a geração de energia são dois pontos de preocupação. A projeção é de novas crises hídricas no futuro.

Na pior fase da crise, o nível dos reservatórios caiu para menos de 25%. Na época, a Sanepar tinha a Meta 20, que pedia a economia de 20% da água utilizada em casa.

Reportagem: Larissa Biscaia.

felipe.costa

Cursinho Solidário Extensivo 2022 abre inscrições

Cursinho Solidário Extensivo 2022 abre inscrições

Vagas são para estudantes de escolas públicas ou que tenham bolsa integral em instituições particulares

PR-092, em Curitiba, tem obras de conservação licitadas

PR-092, em Curitiba, tem obras de conservação licitadas

Em um trecho de 3 km, deverão ser realizados trabalhos de sinalização e limpeza

Curitiba tem tempo instável hoje, máxima é de 24ºC

Curitiba tem tempo instável hoje, máxima é de 24ºC

Segundo o Simepar, as chuvas se espalham por todo o Paraná com a chegada de

Oito pessoas são presas suspeitas de roubos de cargas

Oito pessoas são presas suspeitas de roubos de cargas

O grupo tinha como foco o roubo de cargas de cigarros e mercadorias de e-commerces