Bebê que sobreviveu a grave acidente deixa o hospital

(Foto: divulgação/PRF)

O bebê de menos de dois anos de idade que ficou gravemente ferido em um acidente na BR-277 no início de janeiro já está novamente em casa. O pequeno Théo sofreu um traumatismo craniano e uma fratura no fêmur e, por isso, ficou 37 dias internado na UTI do Hospital Trabalhador, em Curitiba. Segundo familiares, o menino passou por cinco cirurgias ao todo, mas recebeu alta médica na última quinta-feira (7) e agora se recupera junto da família. O pai, Willian Reis, de 33 anos, morreu no desastre.

Nas redes sociais, a mãe do menino agradeceu o apoio recebido desde que tudo aconteceu. Em uma postagem, ela conta um pouco da angústia pela qual passou. “Quando os médicos falaram que não havia mais nada a ser feito pela medicina, Deus começou a operar seus milagres. É lindo de ouvir que o quadro clínico do Théo não está nos livros, que foge dos protocolos e assim Deus vai mostrando o seu poder”.

O acidente foi na tarde de 2 de janeiro, em Paranaguá, litoral do estado, na pista sentido Curitiba da rodovia. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, um caminhão que seguia em direção a Paranaguá invadiu a pista contrária e atingiu quatro carros.

Além do menino, que precisou ser socorrido de helicóptero, e do pai dele, que morreu e foi sepultado em Paranaguá, outras nove pessoas ficaram feridas. Imagens de câmeras de segurança registraram a colisão e o caso é investigado pela delegacia da cidade.

Reportagem: Daiane Andrade