Curitiba

Bloqueio de viaduto deve afetar 12 mil passageiros do transporte coletivo em Curitiba

 Bloqueio de viaduto deve afetar 12 mil passageiros do transporte coletivo em Curitiba

A interdição emergencial do viaduto que liga as ruas João Miqueletto e Eduardo Pinto da Rocha sobre a linha férrea, no Alto Boqueirão, provoca alterações em linhas de ônibus que trafegam na região. Segundo a Urbs (Urbanização de Curitiba), os passageiros precisam ficar atentos porque o bloqueio afeta três linhas: a 535 Osternack/Boqueirão, a 536 Zoológico e a 528 Pinheirinho/Boqueirão. Juntas, elas atendem cerca de 12 mil passageiros por dia. As linhas Zoológico e Osternack/Boqueirão serão desativadas temporariamente e serão criados os reforços: Boqueirão/V. Nova e Especial Sítio Cercado.

Já a linha Pinheirinho/Boqueirão será desviada no trecho de bloqueio, passando a trafegar pelas ruas Tijucas do Sul, Ourizona, e Danilo Pedro Schereiner até a Rua Eduardo Pinto da Rocha voltando ao itinerário normal. No sentido Boqueirão/Pinheirinho o desvio irá ocorrer pelas Ruas Danilo Pedro Schereiner, Aurora, Tijucas do Sul e voltando ao itinerário na Rua Eduardo Pinto da Rocha.

Segundo o diretor de implantação do Ippuc (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba), Carlos Barros, a interdição da estrutura deve durar ao menos seis meses e ocorre devido a anomalias provocadas pela ação do tempo.

Conforme o cronograma das obras, após o escoramento da estrutura, será possível a passagem de tráfego leve sobre o local. O trabalho de escoramento com vigas metálicas será contratado pelo município, com acompanhamento da concessionária Rumo, responsável pela área de domínio da ferrovia. Já a solução definitiva, segundo o diretor, depende da elaboração do projeto e licitação da obra de recuperação do viaduto.

TRÂNSITO AFETADO

Com o bloqueio do viaduto ao trânsito de veículos e pedestres, o tráfego será desviado: para quem segue pela João Miqueletto no sentido do viaduto terá que virar à esquerda na Eduardo Pinto da Rocha e à direita na Rua Guaçuí, seguindo à Tijucas do Sul, depois à direita na Rua Ourizona rumo à Danilo Pedro Schreiner.

Para quem está próximo ao trecho da Eduardo Pinto da Rocha que se liga à João Miqueletto após o viaduto, o acesso será pela Danilo Pedro Schreiner e sua continuação até Rua Ourizona e conversão à Rua Coronel Joaquim Antônio de Azevedo, seguindo até a Nova Aurora e à Tijucas do Sul, conectando ao seu prolongamento Rua Guaçuí.

Reportagem: Leonardo Gomes

leonardo.gomes

IPTU: Vereadores votam nesta segunda alteração de impostos

IPTU: Vereadores votam nesta segunda alteração de impostos

A proposta deve aumentar o valor de imposto para 80% dos imóveis da capital

Urbs reforça linhas de ônibus para vestibular da UFPR

Urbs reforça linhas de ônibus para vestibular da UFPR

Os veículos estarão disponíveis hoje (04) e amanhã (05) à tarde, nos itinerários próximos a

Chuva causa estragos em Curitiba

Chuva causa estragos em Curitiba

Segundo a Defesa Civil, foram registrados cinco pontos de alagamentos no Capão Raso, Lindóia e

Domingo mantém instabilidade, com tempo mais nublado

Domingo mantém instabilidade, com tempo mais nublado

Em Curitiba, a temperatura mínima será de 19ºC e a máxima de 26ºC