Bolsonaro diz que Brasil e Paraguai vivem momento de harmonia e que “as velhas ideologias foram deixadas para trás”

(Foto: Geraldo Bubniak/ANPr)

Em visita a Foz do Iguaçu, na região oeste, o presidente Jair Bolsonaro disse que vive um momento de harmonia e irmandade entre o Brasil e o Paraguai. Bolsonaro participou da cerimônia de inauguração da pedra fundamental da segunda ponte entre os dois países.

Ao lado do presidente do Paraguai, o também conservador Mario Abdo Benítez, ele voltou a elogiar ex-presidentes militares como realizadores de grandes obras no Brasil. Em tom de brincadeira com o colega paraguaio, que é militar reformado e também foi paraquedista como ele. Bolsonaro disse que os dois têm sonhos mais altos para os seus povos.

O presidente fez um discurso muito rápido, de cinco minutos. Bolsonaro disse ainda estar feliz por presidir um país “onde as velhas ideologias foram deixadas para trás”.

O governador do Paraná, Ratinho Junior, também esteve na cerimônia desta sexta em Foz, além do ministro da Justiça, o paranaense Sergio Moro. O governo do Paraná é quem vai fazer a gestão da obra da ponte, na qual serão investidos R$ 450 milhões.

Ratinho Junior ainda fez elogios ao presidente Bolsonaro pelo bom relacionamento entre o governo federal e o estadual.

Bolsonaro deixou Foz do Iguaçu no início da tarde. Ele não enfrentou protestos na cidade.

Reportagem: Estelita Carazzai