ParanáGeral

Cação deve ser vendido pelo nome da espécie

Proposta do governo estadual quer inibir que tubarões ameaçados de extinção sejam comercializados irregularmente. 

 Cação deve ser vendido pelo nome da espécie

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

O governo do Paraná quer tornar lei que supermercados e peixarias vendam a carne popularmente chamada de cação com a indicação da espécie na embalagem. A informação clara também seria obrigatória para restaurantes. O nome genérico é usado para se referir a tubarões e também acaba sendo usado para vender arraias.

A proposta foi encaminhada à Assembleia Legislativa e a ideia é inibir que espécies ameaçadas de extinção sejam comercializados de forma irregular.  De acordo com a pesquisadora colaboradora do Laboratório de Ecologia e Conservação da UFPR, Angela Zaccaron da Silva, as áreas costeiras são sensíveis e, no Paraná, o complexo do porto ainda traz ameaças a estas espécies, abrigadas nesta baía e também na baía de Guaratuba.

Apesar do sabor e da ausência de espinhos, a pesquisadora alerta que o consumo da carne destes tubarões traz riscos à saúde já que eles estão no topo da cadeia alimentar.

A proposta atende o Código de Defesa do Consumidor, no direito da população de ser informada claramente sobre o produto e também no combate a práticas abusivas.  A identificação seria obrigatória em rótulos, cardápios e na divulgação de produtos e sub-produtos, processados ou in natura. Pelo texto, estabelecimentos que não cumprirem a legislação receberiam multas e poderiam ter o produto apreendido, além de outras sanções previstas no Código de Defesa do Consumidor. A fiscalização seria responsabilidade do Procon.

Reportagem Amanda Yargas

amanda.yargas

VÍDEO: BR-376 é liberada quase nove dias depois de deslizamento

VÍDEO: BR-376 é liberada quase nove dias depois de deslizamento

No local da ocorrência, apenas uma faixa está liberada, em cada sentido

Toma posse nesta quarta-feira o novo presidente da Assomec

Toma posse nesta quarta-feira o novo presidente da Assomec

Quem assume o cargo é o prefeito de Campina Grande do Sul, Bihl Zanetti

Professor é preso por maus-tratos contra alunas de nove anos

Professor é preso por maus-tratos contra alunas de nove anos

Caso foi nesta terça-feira (06) em uma escola da rede municipal de Ponta Grossa

Ademicon lança programa para inserir jovens no mercado de trabalho

Ademicon lança programa para inserir jovens no mercado de trabalho

Projeto busca promover os filhos dos donos das lojas do grupo no mercado de trabalho