Campanha internacional mobiliza redes sociais em memória à Tatiane Spitzner

(Foto: reprodução/Facebook)

Uma campanha internacional de apoio à advogada Tatiane Spitzner relembra o caso e presta homenagens à mulher, morta há um mês. Pelas redes sociais, pessoas de todo o mundo são convidadas a compartilhar imagens com a #SomosTodosTatiane.

A iniciativa, que já ganhou adeptos em países da Europa, América do Norte e Ásia, foi divulgada pelo estudante Alexandre Kleppa, que mora na Espanha. A mãe dele é de Guarapuava, onde a advogada morava, e fazia parte de um grupo de corrida junto com Tatiane. Com a comoção da família em torno do caso, ele resolveu ajudar.

A participação internacional engrossou uma campanha que a irmã de Tatiane já havia lançado nas redes sociais. O perfil “Todos por Tatiane Spitzner” tem mais de 45 mil seguidores no Facebook e 120 mil no Instagram. A proposta é relembrar o caso e sensibilizar a sociedade contra relacionamentos abusivos e o feminicídio.

Tatiane foi encontrada morta no dia 22 de julho, dentro do apartamento onde morava com o marido, Luis Felipe Manvailler. Ele é acusado de ter matado a mulher e está preso na Penitenciária Industrial de Guarapuava.

Imagens de câmeras de segurança mostram uma série de agressões de Manvailer contra Tatiane, antes da queda dela do 4º andar do prédio onde moravam. O homem recolheu o corpo da esposa e fugiu em seguida, mas foi preso após capotar o carro. Os laudos que devem apontar a causa da morte de Tatiane ainda não foram concluídos.

(Foto: reprodução/Facebook)

Reportagem: Narley Resende

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*