ParanáGeral

Campo Mourão: casa é invadida por mais de 50 quatis

Os animais comeram quatro quilos de bacon, pão, torrada, biscoitos e muitas frutas

 Campo Mourão: casa é invadida por mais de 50 quatis

Foto: Freepik

Uma moradora de Campo Mourão, no centro-oeste do estado, recebeu a visita inusitada de um grupo bem folgado. Mais de 50 quatis invadiram a casa dela e fizeram a festa: comeram quatro quilos de bacon, além de pão, torrada, biscoitos e muitas frutas. Isso sem falar na sujeira e bagunça que deixaram por lá. Casos como este têm sido cada vez mais frequentes na região.

Em geral, estes animais escalam árvores e invadem casas e terrenos em busca de comida. A médica veterinária e zootecnista, Maria Ângela Panelli, explica que os quatis são animais silvestres e apesar de serem muito fofos e não terem a característica de atacar, podem morder caso se sintam acuados.

Ainda de acordo com a veterinária, a orientação é não alimentar estes animais e em caso de invasões, chamar o resgate especializado.

Agredir animais silvestres é crime ambiental. Em Campo Mourão a orientação é que os moradores entrem em contato com o Instituto Água e Terra pelo telefone (44) 3523.1915.

Reportagem por Vanessa Fontanella

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Paraná: Número de eleitores maiores de 70 anos cresce 31%

Paraná: Número de eleitores maiores de 70 anos cresce 31%

Voto é facultativo nessa faixa etária e a ausência não acarreta em punição ao eleitor

TRE/PR define urnas que passam por auditoria, no domingo (2)

TRE/PR define urnas que passam por auditoria, no domingo (2)

Procedimento de checagem é realizado em 35 urnas eletrônicas, no Paraná

Casamentos no Paraná aumentam quase 8% em julho de 2022

Casamentos no Paraná aumentam quase 8% em julho de 2022

Foi registrado um total de 4.034 casamentos, 7,8% a mais que o verificado em junho

Bancário é suspeito de desvios que ultrapassam R$ 1,2 milhão

Bancário é suspeito de desvios que ultrapassam R$ 1,2 milhão

Na casa dele foram apreendidos documentos, talões de cheque, cartões de crédito e contratos