PolíticaGeral

Canal de Avenida em Caiobá recebe obras de macrodrenagem

A intenção é aumentar o escoamento da água e diminuir os níveis de alagamento

 Canal de Avenida em Caiobá recebe obras de macrodrenagem

Reprodução: AE/Noticias PR

As obras de macrodrenagem no canal da Avenida Paraná, em Caiobá, já começaram e devem levar cerca de 90 dias para serem concluídas. O trabalho realizado no litoral faz parte das Obras de Recuperação da Orla de Matinhos, com investimento de R$ 314 milhões. Deste valor, R$ 8,3 milhões foram destinados para a macrodrenagem do canal. O canal passará a ter sete metros de largura, em concreto formatado como um U. A intenção é aumentar a velocidade de escoamento da água e diminuir os níveis de alagamento, conforme explica o diretor de Saneamento e Recursos Hídricos do IAT, José Luiz Scroccaro. Segundo ele, essa obra deve melhorar o escoamento das águas que vão para o rio Matinhos, minimizando as cheias, em especial no bairro Tabuleiro, um dos mais afetados.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Everton Souza, o município de Matinhos é plano, com três saídas principais para o mar: pelos canais do rio Matinhos, da Avenida Paraná e da Avenida JK. Para ele, a melhoria vai beneficiar moradores e turistas.

As obras abrangem um trecho de 1,5 quilômetro e devem ser concluídas em 90 dias.

Reportagem: Vanessa Fontanella.

Band News Curitiba - 96,3 FM

Inquérito vai apurar limpeza de registros de acesso à imagens

Inquérito vai apurar limpeza de registros de acesso à imagens

Tesoureiro do PT, em Foz, foi assassinado durante a comemoração do aniversário

Bancada Feminina na Assembleia é aprovada em redação final

Bancada Feminina na Assembleia é aprovada em redação final

Agora a matéria está apta para ser promulgada pela Presidência da Assembleia

PF apreende 1,7 tonelada de maconha em porto no Paraná

PF apreende 1,7 tonelada de maconha em porto no Paraná

Todo material apreendido foi encaminhado à delegacia da Polícia Federal de Foz

Selo GNV é obrigatório para poder abastecer

Selo GNV é obrigatório para poder abastecer

Mais de 70% da frota brasileira movida a gás está irregular, afirma APOIA