Candidatos ao governo participam de debate da RIC TV

O debate entre os candidatos ao governo do Paraná promovido pela RIC-TV Record nesta sexta-feira (27) à noite foi marcado pela impugnação de última hora de uma participação e por ataques mais dirigidos ao candidato que lidera as pesquisas de intenção de votos, Ratinho Júnior, do PSD. Por decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Ogier Buchi, do PSL, que tem a candidatura em discussão na Justiça, foi impedido de participar do programa, o penúltimo confronto entre os candidatos na TV antes do primeiro turno.

A tentativa de relacionar os candidatos Ratinho Júnior e Cida Borghetti, do PP, ao ex-governador e candidato ao Senado Beto Richa, do PSDB, guiou as principais críticas feiras por adversários. Está em jogo especialmente a disputa pelo segundo lugar na corrida ao governo do estado, que pode levar a eleição ao segundo turno. O embate com João Arruda, do MDB, que é o mais próximo de Cida Borghetti de acordo com as pesquisas, não foi prioridade dos adversários. No debate, João Arruda, Professor Piva, do Psol, e Doutor Rosinha, do PT, foram os mais ácidos nos questionamento e ataques a Ratinho Júnior.

O candidato líder nas pesquisas preferiu se defender brevemente de cada ataque, mencionando em seguida uma proposta. Mas demonstrou irritação quando foi questionado pelo candidato Piva, um dos mais ácidos nas ofensivas, se recebeu dinheiro do suposto esquema de corrupção no governo Beto Richa.

Os contratos com as concessionárias de rodovias do Paraná, alvos da mais recente fase da Operação Lava Jato, também estiveram em pauta. Tanto Ratinho quanto Cida Borghetti se eximiram de qualquer responsabilidade. A atual governadora e candidata à reeleição aproveitou uma pergunta sobre tratamento de resíduos sólidos para falar no assunto dizer que pediu que a Procuradoria Geral do Estado que providencie o cancelamento imediato dos contratos.

Ainda sobre pedágio, o candidato João Arruda mencionou a adesão dos vices de Ratinho e Cida ao pedido de prorrogação do atual modelo de concessão. Arruda também procurou vincular Ratinho ao episódio do “29 de abril”, em duas centenas de servidores foram feridos em frente à Assembleia Legislativa, em uma pergunta e também quando falava de propostas para a Educação.

A disputa nacional também entrou no debate. O candidato Doutor Rosinha procurou ligar Ratinho à figura de Jair Bolsonaro, do PSL. Na réplica de uma pergunta sobre violência, aproveitou para mencionar o candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad.

As ofensivas a Ratinho deram destaque ao candidato Professor Piva no debate, tanto em perguntas quanto em respostas.

O debate na RIC foi o penúltimo realizado na televisão antes do primeiro turno. Na terça-feira que vem (2), a cinco dias das eleições, os candidatos ao governo do Paraná têm o último encontro, na RPC. O primeiro foi realizado pela TV Band, em agosto.

Reportagem: Lenise Klenk/ Narley Resende

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*