Casal que furtou médica da UPA Cajuru confessa o crime e devolve pertences

(Foto: reprodução/Google Street View)

Deve responder por furto qualificado o casal que roubou a bolsa de uma médica da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Cajuru. O furto aconteceu na madrugada de terça-feira (05), e os suspeitos foram localizados ontem (06) graças a outra irregularidade. Agentes da Guarda Municipal fizeram a abordagem porque o carro deles estava estacionado na calçada. No momento em que os dados foram compartilhados, os guardas notaram que a placa do veículo era a mesma informada pela médica da UPA ao abrir o boletim de ocorrência.

O gerente operacional da GM que atende a regional Cajuru, Inspetor Cláudio Frederico, explica que o prazo para executar o flagrante já havia terminado, mas o casal confessou o crime:

Todos os itens furtados foram recuperados e entregues à central de flagrantes para serem devolvidos à médica da UPA:

O casal não tinha passagens pela polícia. Entre os pertences da dupla, a Guarda Municipal também encontrou duas pulseiras de identificação de atendimento médico: uma da UPA Cajuru, na data do furto, e outra registrada períodos depois. Isso indica a possibilidade de que o casal tenha desistido de receber o atendimento médico para praticar o crime; na sequência, eles teriam procurado outra unidade de atendimento justamente para fazer a consulta médica que precisavam.

O homem, de 27 anos, e a mulher, de 41, foram liberados e respondem em liberdade.

Reportagem: Angelo Sfair

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*