ParanáGeral

Caso Marcelo Arruda: perícia aponta que foram disparados 13 tiros

O laudo não detalhou quantos tiros saíram da arma de Jorge Guaranho, réu no processo

 Caso Marcelo Arruda: perícia aponta que foram disparados 13 tiros

Foto: Reprodução

Um laudo pericial revelou que pelo menos 13 tiros foram disparados durante o confronto que terminou com o assassinato do guarda municipal Marcelo Arruda, em Foz do Iguaçu, no último dia 9 de julho. Conforme o documento anexado ao processo, foram encontradas no local dos disparos, 13 estojos de arma ponto 380, além de um estojo de arma calibre ponto 40. O documento não detalhou, no entanto, quantos tiros saíram da arma do policial penal Jorge Guaranho, autor do crime.

O laudo da Polícia Científica também descartou que o carro do agente penal federal tenha sido atingido por pedras – contrariando a versão apresentada pela esposa do policial. Em depoimento à polícia, ela afirmou que Guaranho teria sido atingido por pedras atiradas por Arruda. Conforme a perícia, foram encontradas apenas “sujidades” no painel, nos bancos dianteiros e no lado esquerdo do banco traseiro, ou seja, pequenos detritos de barro e poeira.

Marcelo Arruda foi morto no dia 9 de julho, durante a festa de aniversário de 50 anos. A comemoração tinha decoração alusiva ao Partido dos Trabalhadores (PT). Conforme a denúncia do Ministério Público no Paraná (MP-PR), apresentada na última semana, Guaranho soube do aniversário através de imagens de câmeras de segurança do salão de festas. A partir disso, o policial penal teria ido até o local, acompanhado da esposa e filho, para confrontar Marcelo Arruda. Depois de uma primeira discussão, Guaranho decidiu levar os familiares para casa e na sequência voltou sozinho para o local da comemoração. A partir daí começaram os disparos, segundo a promotoria. Para o MP, o crime foi cometido com motivação fútil, por “preferências político-partidárias antagônicas”. Jorge Guaranho é réu por homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e risco comum.

O policial penal segue internado, sob custódia, na enfermaria do Hospital Ministro Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu.

felipe.costa

Esposa se despede com “última foto” de marido atropelado

Esposa se despede com “última foto” de marido atropelado

Engenheiro tinha 51 anos e foi atingido quando seguia de bicicleta

Passageira é detida com cocaína presa nas pernas

Passageira é detida com cocaína presa nas pernas

Mulher de origem paraguaia iria embarcar para Madrid

Carro cai na baía de Guaratuba

Carro cai na baía de Guaratuba

O veículo está capotado a sete metros de profundidade e dentro há uma vítima

Bebê de nove meses morre após ser atropelado

Bebê de nove meses morre após ser atropelado

O acidente foi neste sábado (6) em Xambrê, região noroeste do Paraná