Cerca de 250 placas são alvo de vandalismo todos os meses em Curitiba

(Foto: divulgação/Prefeitura de Curitiba)

Todos os meses, pelo menos 250 placas são danificadas em Curitiba. Cada uma custa em média R$ 500, entre a compra de material, o trabalho de montagem e o serviço de implantação.

Segundo a Prefeitura, foram investidos R$ 5 milhões em placas de trânsito nos últimos 20 meses. Cerca de 40% desse total foram destinados a restauração de peças destruídas. A Superintendente de Trânsito de Curitiba, Rosangela Battistella, explica que muitas placas chegam em um estado muito difícil de ser recuperado.

A Prefeitura tem um grupo de trabalho para revitalizar as placas danificadas. São 50 pessoas da fábrica de placas da Superintendência de Trânsito que tentam de alguma maneira reformar as peças.

Muitas chegam até lá bastante amassadas, pichadas e até mesmo com marcas de tiros. A Superintendente destaca ainda que algumas placas também são roubadas.

Quem avistar alguma placa sendo roubada ou alvo de vandalismo deve acionar a Guarda Municipal pelo telefone 153.

Reportagem: Juliana Goss

(Foto: divulgação/Prefeitura de Curitiba)

(Foto: divulgação/Prefeitura de Curitiba)

(Foto: divulgação/Prefeitura de Curitiba)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*