Coleta de lixo reciclável diminui 11% em Curitiba

Foto: Luiz Costa/SMCS (arquivo)
Foto: Luiz Costa/SMCS (arquivo)

Caiu em 11% o volume de coleta do chamado “Lixo que não é Lixo” em Curitiba no ano passado, em relação a 2013.  Foram 29 mil toneladas recolhidas e no ano anterior 33 mil toneladas. Esse índice pode indicar diferentes situações: as pessoas estão separando menos o lixo reciclável do convencional; estão produzindo menos lixo; ou as coletas não oficiais, como catadores, estão mais ativas, deixando menos material para o caminhão coletar. Para o secretário municipal de Meio Ambiente, Renato Lima, a hipótese mais provável é de que a população da capital tem adotado uma postura mais sustentável e produzido menos lixo.

A coleta do lixo convencional aumentou em 2014, quando comparado a 2013. Foram 511 mil toneladas no ano passado e 499 mil no ano anterior. Um levantamento da Paraná pesquisas mostra que mais de 80% dos moradores de Curitiba separam o lixo reciclável do convencional e sabem os horários de recolhimento do “Lixo que não é Lixo”. 63% não acham trabalhoso fazer essa separação. Mas outro dado aponta que mais de 30% do lixo recolhido é separado de maneira errada e poderia ter outra destinação. Em 2014, a prefeitura gastou 137 milhões de reais para a coleta do lixo convencional e depósito em aterro. No mesmo ano, o gasto com o recolhimento do “Lixo que não é Lixo” foi de 21 milhões de reais.

Digiqole ad

Band News Curitiba - 96,3 FM

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem

Saldo da balança comercial paranaense fica negativa em fevereiro

Saldo da balança comercial paranaense fica negativa em fevereiro

Apesar do crescimento de 37% nas vendas para o exterior, em comparação com fevereiro de

Covid-19: Curitiba confirma mais 471 novos casos e quatro mortes

Covid-19: Curitiba confirma mais 471 novos casos e quatro mortes

Curitiba registrou mais 471 novos casos e quatro mortes pela Covid-19, nesta quinta-feira (10). Um