Cresce a procura por vacinação em farmácias de Curitiba

A procura por vacinas para diversos tipos de doenças é alta nas farmácias de Curitiba. O serviço é novo e a autorização veio após uma portaria recente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, a Anvisa, que permite a atividade neste setor no país. Apesar da medida, não é qualquer farmácia que pode aplicar as injeções.

Os estabelecimentos devem cumprir várias exigências, como estar inscritos em um cadastro nacional. A rede de farmácias Panvel, por exemplo, foi a primeira a habilitar esse serviço na região Sul do país. O local dispõe doses contra gripe, meningites e hepatite, entre outras.

O diretor e Administrativo e Comercial da rede, Roberto Coimbra, afirma que os principais benefícios são o baixo custo e a comodidade.

Nas principais clínicas de Curitiba a vacinação da gripe custa entre R$90 a R$ 110. De acordo com o diretor da Panvel, por causa da grande procura, em alguns casos o consumidor precisa reservar antes as doses. O empresário Jorge Carvalho passou a tomar vacina nas farmácias.

De acordo ele, a flexibilidade de horário facilitou a imunização.

Segundo a coordenadora farmacêutica da Nissei, Carolina Escobar, o usuário precisa apresentar uma receita médica antes de tomar a vacina.

Como a procura pela vacina contra gripe é alta também nas farmácias, na semana que vem, a rede Nissei vai receber lotes da imunização.

Reportagem: Lorena Pelanda