Criança é ejetada de carro em acidente na BR 116, em Campina Grande do Sul

(Foto: divulgação/PRF)

Uma bebê de 11 meses foi ejetada do carro durante um acidente na tarde de ontem (3), na BR 116, em Campina Grande do Sul.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o veículo em que a criança estava saiu da pista, bateu em um barranco e capotou. Dentro do carro estavam um casal e três crianças. O policial rodoviário federal Fernando Oliveira explica que, apesar de estar na cadeirinha, a bebê foi a única a ser ejetada do carro.

Após o acidente, a mãe e duas crianças foram encaminhadas ao hospital com ferimentos leves. Já o pai e a bebê foram socorridos de helicóptero, em estado grave. Para tentar garantir a segurança, o policial recomenda que os pais e responsáveis sempre leiam o manual de instrução das cadeirinhas, além de adotar outros procedimentos ao transportar crianças.

A Lei da cadeirinha exige que crianças até um ano de idade sejam transportadas em um bebê conforto. De um a quatro anos, elas podem usar a cadeirinha. Já de quarto a sete anos, o transporte correto é com o assento de elevação.

Dos sete aos dez anos, os assentos podem ser dispensados, desde que a criança use cinto de segurança no banco traseiro. A legislação permite que, apenas a partir dos dez anos, a criança possa ser transportada no banco dianteiro, sempre com o cinco de segurança.

Sobre o estado de saúde dos passageiros do veículo envolvido no acidente, a mãe e as duas crianças foram liberadas ontem. A bebê de 11 meses recebeu alta do hospital hoje (4) pela manhã. Já o pai permanece internado na UTI em estado grave.

(Foto: divulgação/PRF)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*