Crianças envenenadas pela mãe não correm mais risco de morte

O menino de 09 anos e a adolescente de 13 anos que foram envenenados pela própria mãe já não correm risco de morrer. Eles permanecem internados em hospitais da região norte do Paraná. De acordo com a polícia, a mãe deles preparou um doce com veneno de rato, conhecido como chumbinho, e deu para os filhos comer. Em seguida, ela teria ingerido a comida para tentar se matar. O caso ocorreu ontem (terça) à tarde no município de Cambé. De acordo com o delegado do município, Jorge Barbosa, a mulher teria brigado com o marido. Ele diz que se surpreendeu com o caso.

A mulher deve responder por tentativa de homicídio e, se for condenada, pode pegar mais de 20 anos de prisão. E outro caso semelhante e que chocou bastante os paranaenses foi o de uma mãe que matou os dois filhos, um de 07 e outro de 10 anos, com um golpe na cabeça. O caso aconteceu em Palmeira, região central do estado. Ela se justificou a polícia e disse que cometeu o crime porque vivia na miséria. Para a psicóloga Camila Silva casos assim chocam muito, pois a maioria das pessoas acredita que as mães nunca fariam mal aos filhos.

A psicóloga não descarta, no entanto, a possibilidade de essas mães terem alguma doença ou serem viciadas em drogas.

Band News Curitiba - 96,3 FM

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem

Saldo da balança comercial paranaense fica negativa em fevereiro

Saldo da balança comercial paranaense fica negativa em fevereiro

Apesar do crescimento de 37% nas vendas para o exterior, em comparação com fevereiro de

Covid-19: Curitiba confirma mais 471 novos casos e quatro mortes

Covid-19: Curitiba confirma mais 471 novos casos e quatro mortes

Curitiba registrou mais 471 novos casos e quatro mortes pela Covid-19, nesta quinta-feira (10). Um