Curitiba ainda tem mais de 40 mil doses da vacina da gripe em estoque

Foto: Daniel Castellano / SMCS

Curitiba ainda tem mais de 40 mil doses da vacina da gripe em estoque. Por isso, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) está convocando quem ainda não se imunizou para buscar uma das dez unidades de saúde exclusivas para a vacinação. Desde o dia 26 de junho a vacina está liberada para toda a população de Curitiba.

Iniciada no dia 23 de março, a campanha nacional terminou em 30 de junho, mas as doses remanescentes seguem a disposição da população, não apenas para aqueles que fazem parte do grupo de maior risco. Vale lembrar que a vacina contra a gripe não imuniza contra o coronavírus, mas, auxilia na exclusão do diagnóstico para a covid-19, já que os sintomas são parecidos.

A meta nacional é imunizar 90% de cada público-alvo. Em Curitiba a cobertura entre os idosos e trabalhadores da saúde já alcançou 100%, mas há outros grupos que ainda não atingiram a meta. Entre as crianças (de 6 meses a 5 anos completos) a cobertura é de 45%; entre as gestantes 39%; doentes crônicos 50%; e professores 64%. Quem faz parte dos públicos prioritários e ainda não tomou a vacina contra a gripe, também pode se vacinar, até o fim do estoque.

São eles: profissionais de saúde, idosos, crianças de 6 meses a 5 anos completos, gestantes, doentes crônicos, imunussuprimidos, transplantados e pessoas com deficiência, adultos entre 55 e 59 anos, professores, motoristas, cobradores, caminhoneiros e profissionais das forças de segurança. Até o momento foram realizadas 569.372 doses da vacina contra a gripe na capital paranaense, pela rede pública e rede privada. Confira quais são as dez unidades exclusivas para a vacinação: https://mid.curitiba.pr.gov.br/2020/00299755.pdf