Delator cita Renan Calheiros em depoimento da Lava Jato

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Os ex-executivos da construtora Toyo Setal Augusto Mendonça Neto e Júlio Camargo e o ex-gerente de Serviços da Petrobrás Pedro Barusco devem ser ouvidos nesta terça-feira (14) pelo juiz federal Sérgio Moro. Eles são delatores da Operação Lava Jato. As audiências estão marcadas para às 14h e dão continuidade aos depoimentos de réus em processos da 10ª fase da Operação, que começaram na última segunda-feira (13).

Além deles, outro acusado de participar do esquema, Lucélio Góes, deve ser ouvido. Na tarde desta segunda-feira (13), o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa prestaram depoimento. Eles também fizeram acordos de delação premiada. Ao ser ouvido Costa citou o senador Renan Calheiros e o deputado federal Aníbal Gomes (PMDB-CE) como políticos que sustentavam o esquema dentro do PMDB.

Também são réus nesta ação os lobistas Adir Assad e Mário Góes e o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto. Todos são acusados de lavagem de dinheiro.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.