PolíticaGeral

Deputados estaduais começam a avaliar propostas de reajuste salarial

Todos os projetos incluem a revisão dos servidores efetivos e comissionados

 Deputados estaduais começam a avaliar propostas de reajuste salarial

Foto: Nani Gois/Alep

Hoje os deputados estaduais começam a avaliar em plenário os projetos de reajuste salarial para servidores do Tribunal de Justiça, do Ministério Público, do Tribunal de Contas, da Defensoria Pública e da própria Assembleia Legislativa.

De acordo com o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano, as propostas preveem a reposição da inflação de forma escalonada, com 2,4% retroativo a partir de 1° de janeiro de 2022; 3,32% a partir de 1° de agosto e mais 3,32% a partir de 1° de dezembro.

Todos os projetos incluem a revisão dos servidores efetivos e comissionados. Também está previsto o reajuste de gratificações para os servidores do TJ, da Gratificação de Função Privativa de Policiais Civis e Militares, das gratificações, do auxílio-alimentação, do auxílio-creche e do auxílio-saúde para os servidores do Tribunal de Contas.

No caso da Defensoria Pública, a revisão inclui também os anos de 2020 e 2021. No caso do Tribunal de Contas e da Assembleia Legislativa o reajuste se estende também para servidores inativos. A proposta não inclui mudança nos salários dos deputados.


Reportagem: Amanda Yargas.

felipe.costa

Eduardo Pimentel assume interinamente a prefeitura de Curitiba

Eduardo Pimentel assume interinamente a prefeitura de Curitiba

Greca terá uma agenda de encontros com autoridades portuguesas

Deputados estaduais tomam posse nesta quarta-feira na Assembleia Legislativa

Deputados estaduais tomam posse nesta quarta-feira na Assembleia Legislativa

Dos 54 parlamentares, 30 foram reeleitos, três conquistaram vaga na Câmara dos Deputados, em Brasília

Previsão do tempo para este domingo (29)

Previsão do tempo para este domingo (29)

O dia vai ser de sol e calor, mas chuva chega a tarde

Em Brasília, Paraná defende criação de Fundo Constitucional do Sul

Em Brasília, Paraná defende criação de Fundo Constitucional do Sul

Foram entregues, ao governo federal, quatro ofícios com demandas nas áreas de infraestrutura e economia