Dirceu Krüger vai ser velado no Couto Pereira

(Foto: divulgação/Coritiba Football Club)

O ex-jogador Dirceu Krüger vai ser velado nessa quinta-feira, no estádio Couto Pereira. A cerimônia é das sete horas da noite até às dez e meia da noite.  Krüger morreu hoje (25), de manhã, aos 74 anos.  Conhecido como ‘Flecha Loira’, ele é o maior ídolo do Coxa e um dos atletas mais importantes da história do esporte paranaense.

Krüger defendeu as cores alviverdes por mais de meio século. Como jogador, atuou entre os anos 60 e 70; participou da maior parte dos títulos do histórico Hexacampeonato Paranaense; levantou, em 1973, a taça do Torneio do Povo. // Em 2016, por iniciativa da torcida coxa-branca, uma estátua em sua homenagem foi colocada em frente ao Estádio Couto Pereira. Na época ele também recebeu uma miniatura da estátua e gravou uma entrevista para o canal do Coritiba no YouTube.

Em campo, quase deu a vida em campo defendendo a camisa coxa-branca. Isso aconteceu em 1970, no dia em que completava 25 anos: Krüger dividiu violentamente com um goleiro e, com o choque, rompeu as alças do intestino. O craque passou 70 dias internado e chegou a receber – por duas vezes – a extrema unção.

Recuperado, ele jogou até 1976. Mesmo depois de pendurar as chuteiras, o ‘Flecha Loira’ nunca deixou de trabalhar pelo Coritiba. Foi treinador, dirigente e assumiu as mais variadas funções no departamento de futebol. Krüger dedicou quase 54 anos de sua vida ao clube.

No ano passado, o Coritiba fez um vídeo em homenagem a história do ex-atleta.

Neste ano, Dirceu Krüger deu nome à taça do segundo turno do Campeonato Paranaense. Os principais clubes do Paraná lamentaram a morte do ex-jogador. O Coritiba publicou uma nota em que diz que lamenta o falecimento do grande ídolo e disse que a história dele se confundiu com a do próprio Coritiba.

O Paraná Clube publicou no twitter que é um dia triste para o futebol paranaense, deixou os sentimentos à família, amigos e torcedores do Coritiba. O Athletico Paranaense também publicou uma nota em que expressa pesar pelo falecimento do ex-jogador. O time disse que a dedicação ao esporte dentro e fora dos gramados sempre será um exemplo.

O time rubro-negro, porém, se envolveu em uma polêmica ao postar junto com a mensagem uma foto de Dirceu Krüger entregando a taça do segundo turno do campeonato paranaense ao Athletico, na Arena da Baixada. Depois da repercussão negativa o clube fez um novo post com uma foto de Dirceu Kruger segurando a taça sozinho.

Na nova nota, o Athletico disse que o clube não teve a intenção de fazer qualquer provocação em um momento como esse. O clube disse que o gesto de entregar a taça, com o nome dele, para o Athletico demonstrava o espírito esportivo, caráter e a grandeza do ídolo do Coritiba. A prefeitura de Curitiba também emitiu uma nota lamentando a morte de Dirceu Krüger.

O governador Ratinho Junior está em missão oficial à China e também emitiu uma nota em que lamenta a morte do atleta e disse que Krüger é um ícone do futebol paranaense, respeitado por todas as torcidas.

Reportagem: Felipe Harmata