Documentos históricos de Curitiba podem agora ser acessados na internet

(Foto: divulgação/CMC)

Pelo menos 170 documentos que retratam a história da capital paranaense poderão ser pesquisados a partir de ontem (17) por meio do hotsite “Os Manuscritos”, organizado pela Câmara Municipal de Curitiba. O acervo contém, inclusive, informações anteriores à fundação da cidade, ocorrida em 29 de março de 1693. De acordo com o presidente da Câmara Municipal, vereador Serginho do Posto, a organização do site começou em março deste ano em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba.

Ele explica que, por enquanto, apenas dez manuscritos foram digitalizados, mas em um período de dois anos, todos os documentos estarão à disposição da população.

O diretor de comunicação da Câmara de Curitiba, Filipi Oliveira, explica que o objetivo do projeto é não só resgatar a memória cultural da capital paranaense, mas também tornar acessíveis os documentos para toda a sociedade.

Um dos livros mais importantes da coleção é o “Tombo de Curytiba”, em que consta uma carta de março de 1693, escrita por moradores da região pedindo a criação da Câmara Municipal da cidade. De acordo com o diretor de comunicação da Casa, quem acessar o documento terá a impressão de que está manuseando o livro, já que durante o processo de criação da plataforma foram utilizados softwares avançados com a intenção de aproximar o leitor da obra.

O vereador Serginho do Posto ainda lembra que os manuscritos podem ser utilizados como métodos de ensino em escolas municipais e estaduais e também podem ser usados como referencial teórico em trabalhos acadêmicos que incluam a história de Curitiba.

Também foram produzidos vídeos sobre o processo de restauração do Livro Tombo e sobre a importância da preservação de documentos. Os manuscritos e os vídeos podem ser acessados pelo site https://www.cmc.pr.gov.br/nossamemoria/manuscritos/.

Reportagem: Thaissa Martiniuk

(Foto: divulgação/CMC)

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*