PolíticaEleições 2016

Dois municípios paranaenses tem eleição para prefeito neste fim de semana

Duas cidades do Paraná vão receber eleição no final de semana. No domingo, os municípios de Nova Fátima e Primeiro de Maio, no norte do estado, vão receber eleições suplementares para o cargo de prefeito. Nos dois casos, os escolhidos no primeiro pleito tinham irregularidades para poder seguir no cargo.

O prefeito eleito de Nova Fátima, Dr. José Ali Mehanna, do PSB ficou inelegível por não se enquadrar na Lei da Ficha Limpa. No caso de Primeiro de Maio, Mário Casanova se filiou ao partido fora do período previsto em lei e possui uma condenação por improbidade administrativa.

De acordo com o TRE-PR, os candidatos que levaram à anulação do pleito de outubro de 2016 não poderão participar da nova eleição e os novos escolhidos vão ser diplomados até o final deste mês de agosto. Estão habilitados a votar cerca de 6.300 eleitores em Nova Fátima e 8.500 em Primeiro de Maio.

O comparecimento do eleitor e o atendimento às convocações para mesários são obrigatórios. O eleitor que deixar de comparecer às urnas deverá justificar a ausência em qualquer cartório eleitoral até cinco de outubro.

 

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Câmara vai recorrer de liminar do STF que restabelece mandato

Câmara vai recorrer de liminar do STF que restabelece mandato

Renato Freitas tinha sido cassado por quebra do decoro parlamentar

78 mil ítalo-brasileiros participam de votação do parlamento italiano

78 mil ítalo-brasileiros participam de votação do parlamento italiano

Os eleitores são italianos natos e descendentes com cidadania residentes no Brasil

Ministro do STF restabelece mandato de Renato Freitas

Ministro do STF restabelece mandato de Renato Freitas

Com suspensão da cassação, vereador poderá participar das eleições deste ano

Eleitores brasileiros decidem voto presidencial antes dos outros cargos

Eleitores brasileiros decidem voto presidencial antes dos outros cargos

Foram ouvidas 2 mil pessoas por telefone, entre os dias 18 e 20 de setembro