ParanáServiços

DPE-PR simplifica primeiro atendimento

Objetivo é facilitar o acesso à assistência jurídica

 DPE-PR simplifica primeiro atendimento

Foto: DPE-PR

A Defensoria Pública do Estado do Paraná simplifica o primeiro atendimento, a partir desta segunda-feira (1°). Com o objetivo de facilitar o acesso à assistência jurídica gratuita, o usuário precisa apresentar quatro documentos para a triagem. São eles: comprovante de endereço, RG, CPF e comprovação de renda familiar de até três salários mínimos. Anteriormente, eram mais de vinte documentos cobrados.

A defensora pública e coordenadora do Centro de Atendimento Multidisciplinar de Curitiba, Patrícia Mendes, explica que um dos objetivos é agilizar o atendimento jurídico.

O primeiro atendimento via Whatsapp deixa de existir, nesta segunda-feira (1°). O cidadão que precisa do atendimento precisa ir presencialmente ao órgão, em Curitiba. Além disso, a DPE cria o Centro de Relacionamento ao Cidadão. O projeto está em andamento e tem previsão de três fases: a implantação de um portal-cidadão chamado de Luna, a criação de uma central telefônica, e a mudança no processo de Triagem.

De acordo com a coordenadora, a expectativa é que a Central de Relacionamento opere dentro de três meses.

Em Curitiba, o atendimento na sede central da Defensoria Pública acontece de segunda a sexta-feira, das 09h às 15h, em agendamento prévio. O local fica na rua José Bonifácio, número 66.

Reportagem: Larissa Biscaia.

felipe.costa

Motorista é ejetado de carro em acidente no Contorno Norte

Motorista é ejetado de carro em acidente no Contorno Norte

O trânsito no Contorno Norte chegou a ficar bloqueado por uma hora e meia

Mega-Sena: duas apostas do Paraná acertam 6 dezenas

Mega-Sena: duas apostas do Paraná acertam 6 dezenas

Duas apostas feitas no Paraná acertaram seis dezenas e foram ganhadoras do prêmio principal da

Justiça nega pedido de Habeas Corpus a Jorge Guaranho

Justiça nega pedido de Habeas Corpus a Jorge Guaranho

Para manutenção da prisão, o relator citou "as eleições que se avizinham"

Jorge Guaranho chega ao Complexo Médico Penal, em Pinhais

Jorge Guaranho chega ao Complexo Médico Penal, em Pinhais

Réu pela morte de Marcelo Arruda, policial penal teve a prisão domiciliar revogada