PolíticaEleições

Eleições: Abrabar reivindica que venda de bebidas não seja proibida

A “lei seca” no dia das eleições é prevista pelo período de 24 horas.

 Eleições: Abrabar reivindica que venda de bebidas não seja proibida

(Foto: divulgação/Pixabay)

Representantes da Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas encaminharam ao Secretário de Estado de Segurança Pública do Paraná uma reivindicação para que nestas eleições não haja proibição de comercialização, distribuição e consumo de bebidas alcoólicas no dia das eleições. A categoria defende que, nesse momento, depois de um período de pós-pandemia, os estabelecimentos consideram a data uma boa oportunidade de recuperação para o setor que ainda sofre com prejuízos econômicos e dívidas acumuladas.

Ainda de acordo com a justificativa, a proibição é uma medida ultrapassada e que já não é mais aplicada nas principais cidades brasileiras. Para o presidente da Abrabar, Fábio Aguayo, há outras formas de garantir a segurança do processo eleitoral, com punição exemplar aos que causarem problemas, sem que haja necessidade de prejudicar o setor do comércio.

Em geral a “lei seca” no dia das eleições é prevista pelo período de 24 horas.

Reportagem por Vanessa Fonatenella

mariane.abreu

Traiano pode assumir 5º mandato seguido na presidência da Alep

Traiano pode assumir 5º mandato seguido na presidência da Alep

Supremo Tribunal Federal limitou reeleições, mas decisão não tem efeito retroativo

TSE mantém inegibilidade de Jocelito Canto e Richa será deputado

TSE mantém inegibilidade de Jocelito Canto e Richa será deputado

Canto foi condenado em 2002 por improbidade administrativa mas só pagou a multa em 2022

TSE julga nesta terça (6) candidatura de Jocelito Canto (PSDB)

TSE julga nesta terça (6) candidatura de Jocelito Canto (PSDB)

Se TSE negar recurso, Beto Richa (PSDB) assume o lugar de Jocelito Canto na Câmara

Com texto alterado antes da votação, vereadores aprovam novo IPTU

Com texto alterado antes da votação, vereadores aprovam novo IPTU

Proposta altera a base para o cálculo do IPTU e foi substituída depois das discussões