Em Curitiba, Alvaro Dias diz que momento é de conciliação e comenta possíveis alianças com outros partidos

(Foto: Narley Resende/BandNews Curitiba)

Apoiadores do senador Alvaro Dias, do Podemos do Paraná, pré-candidato à presidência da República, ralizaram um evento ‘suprapartidário’ hoje (07), no Restaurante Madalosso, no Bairro Santa Felicidade, em Curitiba. O evento, com almoço gratuito, atraiu cerca de quinhentas pessoas, entre lideranças, aliados políticos, prefeitos, vereadores e cabos eleitorais de todo o Paraná.

No Estado, o Podemos ensaia uma aliança com o PDT, do pré-candidato ao Palácio Iguaçu, Osmar Dias, irmão de Álvaro. Diversos políticos do partido estavam no evento. Pré-candidatos ao governo, porém, não compareceram. A deputada Christiane Yared, do PR, foi a única dos 12 pré-candidatos ao Senado no Paraná que foi ao encontro. Alvaro disse que o momento é de conciliação e que todos os partidos são bem-vindos à campanha, com algumas exceções.

O encontro foi organizado pelo MSD, o “Movimento Suprapartidário pelo Desenvolvimento do Paraná”, criado pelo Instituto Democracia e Liberdade, que é uma entidade civil, sem fins lucrativos, formada por empresários no intuito de difundir ideais liberais; e também pelo “Movimento Pró-Paraná”, que é uma associação civil sem fins lucrativos.

Presidente do Pró-Paraná, o ex-presidente da Associação Comercial, Marcos Domakoski, ressaltou que a presença de políticos de vários partidos, incluindo o PDT de Osmar, não significa uma aproximação local. O empresário disse que o foco é nacional.

Também ex-presidente da ACP, o empresário Edson Ramon, explicou o que é o IDL, entidade organizadora do evento.

O movimento distribuiu durante o evento adesivos e bonés com o nome de Alvaro Dias. Antes do almoço, com o saguão do Madalosso lotado, o senador apresentou algumas das propostas reformistas da de sua campanha.