Em noite de homenagens, torcida do Coritiba se despede do ídolo Dirceu Krüger

Foto: Janaína Ribeiro

32 mil coxas-brancas empurraram o Coritiba à vitória na noite desta segunda-feira (29). Mais do que a estreia com vitória no Brasileirão, a partida fica marcada pelas homenagens ao ídolo Dirceu Krüger, que morreu na semana passada aos 74 anos. Com o Couto Pereira praticamente lotado, a torcida alviverde reverenciou o ‘Flecha Loira’ antes, durante e depois da partida:

Antes da partida, com os refletores apagados, a torcida iluminou o estádio com milhares de lanternas acessas. Quando os times vieram a campo, as crianças que entraram com os jogadores soltaram 53 balões brancos. O número é uma referência à quantidade de anos que Krüger dedicou ao Coritiba como jogador, treinador e funcionário dos departamentos de futebol e administrativo. O nome do ‘Flecha Loira’ voltou a ser entoado com força no segundo, aos 53 minutos de partida.

Dentro de campo, o Coxa venceu a Ponte Preta por 2 a 0. O resultado ficou em segundo plano, como destacou o técnico Umberto Louzer:

Visando o acesso, o treinador celebrou a boa ‘largada’ na competição e os primeiros três pontos conquistados pela equipe. O Coxa chegou à vitória com dois gols marcados por Rodrigão. Nesta temporada, o atacante acumula 10 gols em 10 jogos com a camisa alviverde. Pela série B, o Coritiba volta a campo na sexta-feira, dia 3 de maio. A equipe joga fora de casa, contra o Atlético Goianiense, no Estádio Antonio Aciolly, em Goiânia.

Reportagem: Angelo Sfair