Em três dias, fiscalização dispersa 730 pessoas em estabelecimentos irregulares

 Em três dias, fiscalização dispersa 730 pessoas em estabelecimentos irregulares

Foto: PMPR/SESP-PR

Mais 13 pontos comerciais foram fechados em Curitiba neste fim de semana, durante uma Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU). Os responsáveis pelos estabelecimentos descumpriam as medidas de prevenção e combate à Covid-19 estabelecidas nos decretos vigentes. O balanço considera dados desde a última quinta-feira (15) até a madrugada de sábado (17).

De acordo com o governo estadual, no período, 26 multas foram aplicadas e cerca de 730 pessoas foram dispersadas dos locais vistoriados. Nas fiscalizações também foram emitidos 39 autos de infração de trânsito e apreendidos sete veículos. Duas pessoas foram encaminhadas para a delegacia, para assinarem um Termo Circunstanciado por descumprirem os horários e determinações dos decretos referentes à Covid 19. Também houve a apreensão de 25 máquinas caça-níqueis, dinheiro e equipamentos eletrônicos.

Entre os pontos vistoriados há uma casa de massagens no bairro Prado Velho, uma boate no Parolin, um local no Alto da XV com bingo e jogos de azar, além de uma tabacaria no Hauer e um bar no Sítio Cercado, que é reincidente no descumprimento das medidas vigentes.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Ilha do Mel tem novo trecho liberado para banho

Ilha do Mel tem novo trecho liberado para banho

O ponto foi considerado apto aos banhistas e esportistas, conforme boletim de balneabilidade do IAT

Eleição do Rei Momo abre Carnaval de Curitiba 2023

Eleição do Rei Momo abre Carnaval de Curitiba 2023

Escolha do Cortejo Real acontece nesta sexta-feira (27), no Memorial de Curitiba

INSS: prova de vida deixa de ser obrigação dos segurados

INSS: prova de vida deixa de ser obrigação dos segurados

Agora cabe ao Instituto fazer a comprovação por meio de cruzamento de dados

Injúria racial: representação criminal é indispensável, diz advogada

Injúria racial: representação criminal é indispensável, diz advogada

Equiparado ao racismo, o crime agora não prescreve, mas precisa ser denunciado dentro do prazo