Empresários paranaenses se mostram otimistas para 2019

(Foto: Arquivo/CMC)

Uma pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio-PR) mostra que os empresários paranaenses estão otimistas para o ano de 2019.

Segundo o levantamento 73,2% dos entrevistados esperam um aumento nas vendas já neste primeiro semestre. A alta é de 21 pontos percentuais se comparada à edição anterior da pesquisa feita no segundo semestre do ano passado, quando 51,8% se diziam otimistas.

De acordo o diretor de Planejamento e Gestão da Fecomércio, Rodrigo Rosalem, o indicador não chegava a um patamar como este desde 2011 e é reflexo da melhora na economia.

O indicador de Intenção de Consumo das Famílias, elaborado pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), teve elevação de 4,9% neste janeiro e obteve o melhor resultado em 11 meses. Além disso, o varejo vem em uma crescente e a perspectiva é de que este ano apresente o primeiro aumento real no volume de vendas. A Pesquisa ainda aponta que até novembro do ano passado, o comércio do estado cresceu 6,56%.

Quando os assuntos são contração e investimentos, os empresários ainda estão cautelosos. 26,6% dizem que devem aumentar o quadro de trabalho e 39,5% dizem que pretendem investir no negócio.

Segundo Rosalem, os números são positivos, mas o empresário ainda espera o andamento da economia para então injetar recursos.

As preocupações da classe também demonstram mudanças. Na edição anterior da pesquisa, a maior dificuldade relatada era a instabilidade econômica, que passou de 79,8% para 60% neste semestre. Atualmente, o empresariado se mostra mais preocupado com a carga tributária elevada.

Reportagem: Lorena Pelanda