Empresas suspeitas de descarte irregular de resíduos tóxicos são alvos de mandados

Foto: Arquivo / Sempma

49 empresas, de nove cidades do Paraná, são suspeitas de descarte irregular de resíduos tóxicos. As investigações tiveram início a partir de denúncia recebida pelo Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), de que as empresas estariam fazendo o manejo indevido de resíduo conhecido de “óleo queimado”.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão, com o objetivo de combater crimes contra o meio ambiente, com apreensão de materiais e produtos proibidos ou irregulares e aplicação das sanções previstas na legislação ambiental. Foram constatadas irregularidades em parte das empresas, sendo que, em apenas uma delas, foi encontrado 44 mil litros de óleo queimados armazenados de modo irregular.

Além do Paraná, há empresas investigadas no Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Bahia, Santa Catarina, Minas Gerais, Goiás e São Paulo.

Reportagem: Lorena Pelanda

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*