ParanáGeral

Estradas sem pedágio: Motoristas reclamam da conservação

Falta de manutenção adequada impacta no bolso do usuário e na economia

 Estradas sem pedágio: Motoristas reclamam da conservação

Foto: Divulgação/PRF

A conservação das rodovias paranaenses sofre com o fim da concessão dos pedágios.  Desde o encerramento dos contratos, em 27 de novembro do ano passado, e ainda sem previsão de novas concessões, já que o modelo continua em discussão, o serviço de manutenção das estradas do Anel de Integração do Paraná é feito em caráter emergencial até a assinatura dos novos contratos do pedágio. No entanto, usuários têm reclamado das condições da pista e também da agilidade nos atendimentos.

De acordo com o engenheiro civil, Hugo Alexandre Martins Pereira, especialista em Engenharia de Transportes e professor da Universidade Positivo, a demora no atendimento dos problemas agrava a situação.

A baixa qualidade dos serviços tem impacto ainda maior no setor de transportes, como indica o Coronel Sérgio Malucelli, presidente da Federação das Empresas de Transporte de Cargas do Paraná (Fetranspar).

O presidente indica que há pontos críticos em regiões próximas à Guarapuava, entre Maringá e Cascavel e também no trecho que vai ao litoral. O governo estadual reforça que a maior parte das rodovias do Anel de Integração são federais (80%) e, portanto, a responsabilidade pela manutenção nestes trechos fica a cargo do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT).

Quanto ao trecho mantido pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PR), o contrato emergencial inclui remendos superficiais e profundos, reperfilagem e microrrevestimento, além de serviços de conservação da vegetação, limpeza e recomposição de elementos de drenagem, da sinalização e de dispositivos de segurança viária. Os contratos têm previsão de dois anos, com aporte de R$ 93,5 milhões, mas podem ser suprimidos antes, caso a concessão seja efetivada.

Reportagem: Amanda Yargas.

Digiqole ad

felipe.costa

Paraná não registra mortes pela Covid-19 nesta segunda-feira

Paraná não registra mortes pela Covid-19 nesta segunda-feira

Estão internados 193 pacientes com diagnóstico positivo ou suspeito da doença

Paraná reafirma compromissos para reduzir emissões de carbono

Paraná reafirma compromissos para reduzir emissões de carbono

A redução deve acontecer principalmente no setor agropecuário

Pelo menos 50 medicamentos estão em falta no Paraná

Pelo menos 50 medicamentos estão em falta no Paraná

Muitos dos remédios que sumiram são considerados básicos, como Dipirona, Multigrip, Novalgina Xarope e Nimesulida.

Semana começa com 11.150 vagas de emprego disponíveis no Paraná

Semana começa com 11.150 vagas de emprego disponíveis no Paraná

As oportunidades estão sendo ofertadas nas Agências do Trabalhador de todo o Estado