Estudante fere colegas a tiros em colégio no oeste do PR

(Foto: colaboração/WhatsApp)

O adolescente de 15 anos que baleou dois colegas dentro do colégio gravou um vídeo antes de atirar. Nas imagens ele não mostra o rosto mas narra os últimos passos antes do ataque, que aconteceu no Colégio Estadual Mondrone, em Medianeira, região oeste do Paraná, a 60 quilômetros de Foz do Iguaçu. Um dos baleados, atingido nas costas, está internado em estado grave. O outro foi ferido na perna.

O atirador pede desculpas pelo incômodo que está prestes a causar e deseja boa sorte aos socorristas que atenderiam os feridos. Ele atribui o ataque a um colega. O atirador seria alvo de bullying dentro do colégio.

Dentro da mochila dele, foram encontradas duas bombas caseiras, além de uma faca e uma carta, na qual o o rapaz diz se sentir menosprezado e humilhado. Um segundo adolescente também foi apreendido. Na casa de um deles, policiais encontraram mais armas. É o que relata um dos pms.

Os pais dos adolescentes foram levados à delegacia e, caso fique comprovado que as armas pertenciam a eles, também devem responder criminalmente. Os menores, segundo a polícia, devem responder por dupla tentativa de homicídio.

Reportagem: Ricardo Pereira

 

Deixe um Comentário Os comentários serão avaliados por um moderador. Comentários considerados inadequados, impróprios ou ofensivos não serão aprovados

*