NacionalEconomia

Estudo aponta que Paraná deve crescer acima da média brasileira

Resultados de 2021 apontam crescimento de 3,1% do PIB paranaense em 2022

 Estudo aponta que Paraná deve crescer acima da média brasileira

Foto: José Fernando Ogura – AEN

Um estudo especial do Banco Santander aponta o Paraná como destaque na economia nacional. De acordo com o levantamento do banco, o estado teve o melhor resultado entre os três estados do sul e o crescimento do Paraná foi superior ao esperado para o Brasil. De acordo com Gabriel Couto, economista e autor deste estudo, o desempenho do Paraná entre os anos de 2020 e 2022 garantiu uma alavancada durante a retomada econômica:

Gabriel Couto – economista e autor do estudo

O economista atribui o crescimento paranaense à atividade da indústria e do setor de serviços do Estado. Segundo o estudo, o setor de serviços foi um destaque na retomada econômica a partir de 2021 e a indústria expandiu 1,6% mesmo com as dificuldades no fornecimento de matéria-prima para a cadeia produtiva que ainda estão em curso em todo o mundo. As projeções do estudo para 2022 apontam que o PIB paranaense deve ficar acima das médias da região sul e do Brasil:

Gabriel Couto – economista e autor do estudo

O estudo mostrou ainda que no setor agropecuário deve crescer 1,3%, única alta entre os estados do sul do país, apesar das perdas nas safras decorrentes dos problemas climáticos enfrentado na região nos últimos anos.

Reportagem: Angela Luvisotto

Angela Luvisotto

BRDE destina R$ 200 milhões para o empreendedorismo feminino

BRDE destina R$ 200 milhões para o empreendedorismo feminino

Os recursos foram liberados para empreendedores de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 57 milhões neste sábado

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 57 milhões neste sábado

Foram sorteadas as dezenas 12 - 20 - 22 - 25 - 26 - 55

Números do Concurso 2542 da Mega-Sena

Números do Concurso 2542 da Mega-Sena

Prêmio principal está acumulado e chega a R$ 49,76 milhões

Servidor pode mudar para previdência complementar até dia 30

Servidor pode mudar para previdência complementar até dia 30

O federal que assumiu de 2013 em diante precisa aderir a uma das Funpresp