ParanáGeral

Ex-vereador de Ivaí é condenado a 13 anos de prisão

Kiko Lobacz assassinou a facadas o empresário Everaldo Manfron, em janeiro de 2020

 Ex-vereador de Ivaí é condenado a 13 anos de prisão

Foto: reprodução

O ex-vereador da cidade de Ivaí, nos Campos Gerais, Luisir Lobacz, conhecido como Kiko Lobacz, foi condenado pelo assassinato do empresário Everaldo Manfron ontem.

Veja mais:

Ele deve cumprir 12 anos de prisão em regime fechado por ter matado a facadas a vítima, homicídio duplamente qualificado por motivo fútil e sem possibilidade de defesa. Ele ainda foi condenado a mais um ano de prisão e pagamento de multa por crime de receptação devido a um colete a prova de balas encontrado na casa do ex-vereador.

O assassinato foi motivado, segundo a denúncia do Ministério Público do Paraná, por uma dívida. O crime aconteceu em janeiro de 2020, no mercado de propriedade de Manfron, e foi gravado por câmeras de segurança. Manfron foi atingido no peito e nos braços, foi atendido por um hospital em Ivaí e transferido para um hospital de Ponta Grossa, onde não resistiu.

Lobacz estava preso preventivamente desde maio daquele ano, quando foi encontrado em Santa Catarina depois de ter ficado foragido por cerca de quatro meses. Na época Lobacz teve o mandato cassado na Câmara por falta de decoro parlamentar.

Reportagem: Amanda Yargas.

felipe.costa

Ilha do Mel tem novo trecho liberado para banho

Ilha do Mel tem novo trecho liberado para banho

O ponto foi considerado apto aos banhistas e esportistas, conforme boletim de balneabilidade do IAT

BRs 277 e 376 terão restrições de tráfego no Carnaval

BRs 277 e 376 terão restrições de tráfego no Carnaval

Obras nas rodovias não serão concluídas até o feriado

Ônibus de Curitiba a Campo Largo não adota rota alternativa

Ônibus de Curitiba a Campo Largo não adota rota alternativa

Obras na BR-277, em São Luiz do Purunã, têm causado atrasos no trajeto.

Terminal de Contêineres abre novas vagas de estágio

Terminal de Contêineres abre novas vagas de estágio

Com média de efetivação de 76%, as oportunidades estão divididas entre Curitiba e Paranaguá