Política

Filhos de políticos podem ser obrigados a estudar em escolas públicas

Filhos de prefeito, vice-prefeito e vereadores de Londrina, no norte do estado, podem ser obrigados a estudar em escolas públicas. Um projeto de lei que trata sobre esse assunto tramita na Câmara Municipal da cidade. A proposta é do vereador Tito Valle, do PMDB. Para ele, o projeto se justifica, pois o ensino público não recebe a atenção e o investimento devidos para manter um serviço de qualidade. O texto recebeu parecer contrário da Comissão de Constituição e Justiça, no entanto, o parecer pode ser derrubado em plenário. O projeto ainda não tem previsão para ser votado. Em Londrina são 19 vereadores. Para aprovação da proposta, 13 precisam votar a favor. O vereador avalia que a tarefa é difícil, mas que a discussão é necessária. Caso aprovado, os agentes públicos eleitos têm que matricular os filhos em instituições públicas a partir de janeiro de 2014.

Band News Curitiba - 96,3 FM

A BandNews Curitiba está na cidade desde 2006. A emissora caiu no gosto do curitibano e, atualmente, está entre as dez rádios mais ouvidas da cidade.

Curitiba: recomposição salarial de servidores segue para sanção

Curitiba: recomposição salarial de servidores segue para sanção

Vereadores aprovaram reajuste de 7,17%, com base à inflação dos últimos 12 meses

Alep aprova aumento do ICMS no Paraná

Alep aprova aumento do ICMS no Paraná

Segundo o texto, a alíquota modal do tributo deve passar de 18% para 19%

Aumento do ICMS é votado nesta terça (29) na Alep

Aumento do ICMS é votado nesta terça (29) na Alep

Proposta deve aumentar em R$ 1,1 bilhão a arrecadação do Estado

Deputados votam criação de 493 cargos e aumento do ICMS

Deputados votam criação de 493 cargos e aumento do ICMS

Projetos fazem parte de pacote enviado pelo governador Ratinho Junior (PSD) à Casa