Frio faz procura por abrigos aumentar

 Frio faz procura por abrigos aumentar

O frio desse começo de inverno em Curitiba fez aumentar a procura por abrigos para moradores de rua na Capital Paranaense. Nos dias mais frios, até 380 pessoas procuraram espontaneamente os serviços da Assistência Social da prefeitura, por dia. Com a chegada do inverno, a média de pessoas que ficam nos albergues é de 300 a 320 desabrigados. Cresceu bastante também o número de chamadas através do número 156. Os Assistentes Sociais chegaram a atender 120 chamadas nos dias mais frios do ano. A média nessa época fica entre 40 e 80 atendimentos. Chamou a atenção entre os desabrigados que procuram ajuda em Curitiba, o número de pessoas que são de fora da Capital. A coordenadora do resgate social, Luciana Kusman, diz que a maior parte deles vem à cidade em busca de uma melhor condição de vida.

Segundo a Fundação de Associação Social, todos os dias chegam novos desabrigados que tem origem em outros Estados. Como eles não conseguem entrar no mercado de trabalho e não tem condições de se manter sozinhos, eles se tornam moradores de rua em Curitiba. O consumo de drogas também tem contribuído para que mais pessoas fiquem desassistidas.

A principal orientação é que as pessoas não deem esmolas para os desabrigados. Quem quiser ajudar com doações deve entrar em contato pelo telefone 156.

Band News Curitiba - 96,3 FM

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

3 pessoas se afogam e precisam ser socorridas em Caiobá

Adolescentes foram retirados do mar conscientes e passam bem

Saldo da balança comercial paranaense fica negativa em fevereiro

Saldo da balança comercial paranaense fica negativa em fevereiro

Apesar do crescimento de 37% nas vendas para o exterior, em comparação com fevereiro de

Covid-19: Curitiba confirma mais 471 novos casos e quatro mortes

Covid-19: Curitiba confirma mais 471 novos casos e quatro mortes

Curitiba registrou mais 471 novos casos e quatro mortes pela Covid-19, nesta quinta-feira (10). Um